LAGOA CENTRAL

Lagoa Central

 

 

Foi ao redor das margens da Lagoa Central que nasceu o primeiro povoado, motivado pelo poder de cura das suas águas divulgado pelo Dr. Cialli em 1749. Principal cartão postal de Lagoa Santa, a Lagoa foi tombada como Patrimônio Histórico e Paisagístico, em 2001, em âmbito municipal, pelo Decreto n°234. Devido à sua beleza cênica e importância histórica, é reconhecida culturalmente e encanta os moradores e turistas que visitam a cidade. Atualmente, a orla da Lagoa Central é espaço para o lazer e entretenimento de moradores e visitantes, proporcionando excelentes passeios ciclísticos, caminhadas e prática de esportes ao longo dos seus 6.300 metros de margem. Abriga em seu entorno o Iate Clube, outro ponto turístico do município, e gastronomia diversificada, através dos diversos bares e restaurantes ao longo de sua extensão. O maior ponto de atração dentro da área urbana de Lagoa Santa ainda oferece uma deslumbrante vista do pôr-do-sol.

Endereço: Avenida Getúlio Vargas , s/n - Centro

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

GRUTA DA LAPINHA

 alt

 

 Descoberta em 1835 por Peter Lund, a gruta da Lapinha localiza- se  no Parque Estadual do Sumidouro e está inserida na área de proteção ambiental da APA-Carste de Lagoa Santa. Recentemente, a gruta passou por reformas visando um melhor atendimento ao público e a valorização e preservação do patrimônio tombado em nível federal e municipal.

 

Endereço: Rua do Rosário, s/n,  - Distrito da Lapinha

Dias de Funcionamento: Terça à Domingo

Horário de Funcionamento: 09:00 às 16:00 horas

Contribuição: R$ 15,00 inteira

Telefones para Informação: (31) 3689-8592

OBS: Indipensável o uso de calçado fechado

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

CEMITÉRIO DR. LUND

alt

 

 

Monumento dedicado ao pai da Paleontologia Brasileira, Peter W Lund, o túmulo Dr. Lund foi construído num local escolhido pelo próprio naturalista para abrigar seus restos mortais e de seus colaboradores Peter Andreas Brandt,  Wilhelm Behrens e Johann Rudolph Muller. Lund registrou seu desejo de ser sepultado à sombra de um pequizeiro, num local aprazível onde costumava fazer suas leituras.  O local ainda mantém o mesmo pequizeiro, e em  1935 foi erguido, por iniciativa da Academia Mineira de Letras, um monumento a Peter Lund e a Eugene Warming, botânico que, a convite paleontólogo, também residiu em Lagoa Santa estudando o cerrado. Outros destaques do local são o busto de Lund, esculpido pelo artista Antonio de Matos, além da escultura do artista Jesper Neergaard, denominada "O Mensageiro".

 

Endereço: Rua Caiçara, s/ n° - Brant.
Dias de funcionamento: Segunda à Sexta
Horário de funcionamento: 08:00 às 14:00 horas
Entrada: Franca
Telefones para informação: (31)3688-1390

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

PARQUE ESTADUAL DO SUMIDOURO

alt

 

 

O Parque Estadual do Sumidouro foi criado no dia 03 de Janeiro de 1980, através do Decreto Estadual nº 20.375, alterado pelos Decretos nº 20.598, de 4 de junho de 1980, nº 44.935 de 3 de novembro de 2008 e definido através da Lei 19.998 de 29 de dezembro de 2011. Possui área total de 2.004 hectares e está situado nos municípios de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo ao norte da região metropolitana de Belo Horizonte. Caracterizado como Unidade de Proteção Integral tem o objetivo principal de promover a preservação ambiental e cultural, possibilitando atividades de pesquisa, conservação, educação ambiental e turismo.


A unidade recebeu este nome devido a sua lagoa, que possui um ponto de drenagem das aguas da bacia típica dos terrenos calcários. Trata-se de uma abertura natural para uma rede de galerias, por meio da qual um curso d´água penetra no subsolo denominado Sumidouro, termo que vem da palavra indígena "Anhanhonhacanhuva" que significa: água parada que some no buraco da terra.

 

 

Patrimônio Natural

O parque tem o relevo marcado pela presença de rochas carbonáticas, surgências, sumidouros e cavernas ricas em espeleotemas e uma fauna cavernícola que inclui numerosas colônias de morcegos. O clima é tropical úmido, ensolarado e estável, com verões chuvosos e invernos secos. Sua flora é bastante diversificada, incluindo espécies de cerrado, mata atlântica, vegetação rupestre, tanto herbácea como arbustiva, além de plantas típicas de caatinga. Algumas espécies da flora estão bem adaptadas ao regime de sazonalidade, marcada por períodos de cheias e vazantes.

 

História pra contar

O parque está associado às pesquisas pioneiras, feitas na primeira metade do século XIX pelo naturalista dinamarquês Peter Wilhelm Lund, descobridor do Homem de Lagoa Santa, dos primeiros habitantes do Brasil, e da megafauna extinta. Local de grande relevância histórica, devido aos achados encontrados pelo pesquisador, evidências da coexistência do homem com a fauna extinta, fato que contribuiu para o surgimento do pensamento evolucionista através de citações de Charles Darwin no livro “A Origem das Espécies” (do original, em inglês, On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or The Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life), em que discutia a ideia de evolução a partir de um ancestral comum, por meio de seleção natural.

 

Infraestrutura
O Parque conta com duas portarias, estacionamento, alojamento de pesquisadores, centro de pesquisas, café/lanchonete e Ecoloja.

Dentre os atrativos do Parque Estadual do Sumidouro, destacam-se:

• Gruta da Lapinha
Eleita uma das 7 maravilhas da Estrada Real a Gruta da Lapinha está localizada dentro a do Parque Estadual do Sumidouro na Área de Proteção Ambiental da APA-Carste de Lagoa Santa, em um maciço calcário formado a cerca de 600 milhões de anos pelos restos de fundo de mar que cobria toda a região da bacia do Rio das Velhas. A beleza dos grandes salões formados pela dissolução da rocha carbonática é adornada por belos espeleotemas de variadas formas. Com 511 metros de extensão e 40 metros de profundidade a gruta possui iluminação com tecnologia LEDs, que ajuda na diminuição da temperatura interna causando assim menor interferência no microclima local, além da valorização cênica do interior. 

• Museu Peter Lund

O Museu Peter Lund foi inaugurado no dia 21 de setembro de 2012 e possui:
 - Área de exposição com 80 fósseis vindos do Museu Natural de Copenhagen;
- Espaço destinado à conscientização da importância histórica e cultural do carste de Lagoa Santa;
- Sala multiuso;
- Duas salas com explicações sobre os Planos de Manejo do Parque e Espelológico;
- Café/Lanchonete e Ecoloja.

• Circuito Lapinha

O circuito lapinha é uma trilha interpretativa que complementa a visita à gruta. O visitante sai da entrada da Gruta da Lapinha, percorre a lateral do maciço calcário, passando por regiões onde se pode comtemplar as feições do relevo cárstico, a flora característica do bioma cerrado, e tem a oportunidade de atravessar o maciço passando pela Gruta da Macumba, uma caverna sem iluminação, mas que mostra vários elementos relacionados ao processo de formação geológica da região e registro das grandes variações climáticas do planeta.
Tempo do percurso: de 40 a 60 minutos.
Grau de dificuldade: médio-fácil com descida de escadas e subida leve de morro.

• Escalada

Realizado nos maciços da Lapinha, o atrativo oferece três opções de escalada que variam de 550 a 750 metros de distância do Receptivo Turístico. Para praticar o esporte é necessário que, o visitante, saiba escalar, tenha prática e seu próprio equipamento.
Importante: A escalada acontece de terça a domingo. O horário de entrada é de 09h00min as 13h00min e o horário limite para os escaladores deixarem as vias é 16h00min.

• Casa Fernão Dias

Aberta à visitação, a Casa Fernão Dias é um Patrimônio Cultural tombado pelo IEPHA – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico. O espaço ainda possui um anexo, onde funcionam áreas de apoio administrativo e à visitação a Trilha do Sumidouro. Ao visitá-la, o visitante vai conhecer a história do bandeirante Fernão Dias, que por alguns anos se instalou na região com sua tropa em busca de ouro e pedras preciosas.

Localização: Praça Fernão Dias, 10 Distrito de Quinta do Sumidouro – Pedro Leopoldo.

• Trilha do Sumidouro

A Trilha do Sumidouro começa na Casa Fernão Dias, e passa pelo marco histórico “Cruz do Pai Mané”. Os visitantes são levados até o mirante da Lagoa do Sumidouro, onde é possível visualizar toda a região de entorno. Em seguida, os visitantes são levados ao paredão da Lapa do Sumidouro, com pinturas rupestres de milhares de anos.  O retorno é feito pela orla da Lagoa do Sumidouro com retorno a Casa Fernão Dias.
Tempo de percurso: 1 hora e meia.
Grau de dificuldade: médio.

• Trilha Travessia

A trilha da Travessia tem como ponto de partida a Gruta da Lapinha. Durante o percurso, o visitante terá uma vista panorâmica da região e de vários pontos que serão apresentados no decorrer do passeio, como o Cruzeiro Histórico, o Vinhático e o Mirante do Sumidouro. No paredão da Lapa do Sumidouro, pinturas rupestres mostram um pouco da história dos homens que viveram há milhares de anos na região. A trilha ainda leva o visitante à Lagoa do Sumidouro.

Tempo de percurso: 3 horas e 30 minutos.
Grau de dificuldade: médio, com longo percurso em área de Cerrado com descampados. Trilhas por morros.

 

Valores:
Gruta: R$ 15,00 (com direito a entrada no Museu Peter Lund)
Museu Peter Lund: R$ 10,00
Circuito Lapinha: R$ 10,00
Trilha Sumidouro: R$ 10,00
Escalada: R$ 10,00
Trilha da Travessia: R$ 20,00
Pacote Museu/Gruta e 01 trilha: R$20,00

 

Visitação

- Visitas de grupos devem ser previamente agendadas;
- É obrigatório o acompanhamento de condutores para visitar a gruta e trilhas do Parque;
- Deve-se evitar o uso de chinelo, sandália ou qualquer outro tipo de calçado aberto;
- É vetada a entrada na gruta: sem capacete, sem o acompanhamento do condutor cadastrado e portando alimentos, exceto água;
- Para visita à gruta são permitidos grupos de no máximo 20 pessoas com intervalos de 20 a 30 minutos entre eles, a última entrada é às 16h00min. A última saída para as trilhas é às 15h00min. O tempo de permanência no espaço é até as 17h00min.
- Por questões de segurança não se recomenda a entrada de crianças menores de 5 anos na gruta.
- A meia-entrada é conferida para pessoas de 6 a 12 anos, acima de 60 anos e mediante apresentação de documento de identidade e carteirinha de estudante.


Horário de funcionamento
O Parque é aberto de terça a domingo, de 09h00min às 16h00min com permanência até às 17h00min.

Endereços das Sedes Administrativas
Administração/Museu/Gruta da Lapinha: Estrada Campinho Lapinha, km 6 – Lagoa Santa/MG
Telefone: (31) 3689-8592/3661-8671

Casa Fernão Dias: Rua Fernão Dias, 10, Quinta do Sumidouro – Pedro Leopoldo/MG
CEP: 33.600-000.
Telefone: (31) 3661-8122

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Blog: pesumidouro.blogspot.com.br.

 

Como chegar
Saindo de Belo Horizonte, seguir pela MG 10 sentido Lagoa Santa, no caminho para Serra do Cipó, entrar à esquerda para Gruta da Lapinha cerca de 7 Km depois de Lagoa Santa e mais 5 Km até a portaria Gruta da Lapinha ou 10 Km até a Portaria Sumidouro – Casa Fernão Dias.

Distância de Belo Horizonte: 50 km.

 

Museu Arqueológico da Lapinha (Castelinho)
O Museu Arqueológico da Lapinha famoso pela arquitetura em forma de um Castelo Europeu foi fundado em 1972 pelo Arqueólogo húngaro Mihály Bányai. Com exposição permanente, o Museu conta com um acervo total de 6.000 peças sendo 4.000 delas do Acervo regional. O Museu Arqueológico tem como principal temática: Arqueologia Pré-Histórica: fósseis humanos, ossadas completas do Homem de Lagoa Santa (povo de Luzia), 400 ferramentas pré – históricas cerâmicas indígenas pré - históricas: urnas funerárias Sapucaí e Tupi-guarani.  Coleções Complementares regionais: Paleontologia, Espeleologia e Taxidermia e Coleções não regionais: Paleontologia e Mineralogia. Este Museu é privado e está integrado ao museu de Território de Pedro Leopoldo. Atualmente encontra-se em fase de regulação fundiária.
Localização: Gruta da Lapinha, Lagoa Santa/MG.
Horário de Funcionamento: Terça a Sexta de 09h30min às 17h00min.
                                                Sábados, Domingos e Feriados: 09h30min às 17h30min.
Valor da visitação: R$ 3,00.
Informações: (31) 9158-7211 / 9588-2721.
Obs: O visitante tem a opção de visitar apenas o Museu de Arqueologia da Lapinha. Informar no portão de acesso aos quiosques.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

LAPINHA

alt

 

O distrito da Lapinha destaca-se tanto pelas belezas naturais, como as grutas e paredões, quanto pela diversidade cultural e artística, principal referência para as festas populares da região. A Gruta da Lapinha, descoberta por Peter Lund no século XIX constitui a porta de entrada para o Parque Estadual do Sumidouro, além de integrar a Rota das Grutas de Lund. A cultura, por sua vez, mostra-se viva através de manifestações como o Congado, o Candombe, a Folia de Reis, as Festas religiosas (Nossa Senhora do Rosário e Divino) e os doces e quitandas artesanais.

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

CAALE

alt

 

 

O Centro de Arqueologia Annette Laming Emperaire foi criado em 1983 pela Prefeitura local, tendo como objetivo divulgar a pré-história da região arqueológica de Lagoa Santa, através de exposições permanentes e itinerantes. O nome da pesquisadora francesa Annette Laming Emperaire foi escolhido devido à importância do seu trabalho na região de Lagoa Santa, que se notabilizou principalmente por ter encontrado o fóssil humano considerado como o mais antigo das Américas, conhecido como “Luzia”. A reconstituição do crânio de “Luzia”, feita mais de vinte anos após o seu achado, ganhou fama mundial por ter revolucionado as teorias de ocupação do continente americano. O museu conta com um variado acervo, composto principalmente por material cedido pelo Museu de História Natural da UFMG, além de outras doações. Possui fósseis, painéis rupestres, fotografias etnográficas, artefatos líticos e outros, oferecendo apoio institucional e reserva técnica a projetos de pesquisa arqueológica.

As exposições são mudadas periodicamente, e atendem a um público variado. Além disso, o museu oferece também palestras para alunos que visitam o centro e desenvolve projetos voltados para a educação patrimonial. No local, ainda são realizados eventos como a Homenagem ao Dr. Lund e a Semana do Museu que ocorrem em maio, a Primavera de Museus em setembro, e o Aniversário do CAALE em outubro.

 

Endereço: Rua Acadêmico Nilo Figueiredo, 62 – Centro.

Dias de funcionamento: Segunda à Sexta

Horário de funcionamento: 12:00 às 18:00 horas

Entrada: Franca

Telefones para Informação: (31) 3681-8755

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Museu Arqueológico da Lapinha

 alt

 

Uma das melhores opções para um passeio turístico cheio de história, o Museu foi fundado em 1972 e organizado pelo arqueólogo autodidata húngaro Mihály Bányai. O espaço oferece aos visitantes importantes conhecimentos sobre a paleontologia e arqueologia. O idealizador do museu, que morava na região de Lagoa Santa desde 1963, preocupado com a devastação dos sítios e achados arqueológicos, iniciou a coleção de artefatos, que mais tarde deu origem ao museu. Caminhando por suas salas, o visitante é convidado a mergulhar em uma verdadeira viagem no tempo, com exemplares de animais em extinção e fósseis humanos de mais de 10 mil anos, como o conhecido Homem de Lagoa Santa. Os visitantes do museu  têm acesso a relíquias arqueológicas e diversos vestígios das antigas populações que habitaram o município de Lagoa Santa. São mais de 2600 peças, entre ossadas de animais, fósseis, crânios e outros ossos humanos, além de uma série de objetos dos homens pré-históricos.

 

 

Endereço: Parque Estadual do Sumidouro
Dias de funcionamento: Terça à  Domingo
Horário de funcionamento: 09:00 às 17:00 horas
Entrada: R$ 3,00  
Telefones para Informação: (31) 9588-2721 / 9158-7211

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 EXPLORATÓRIO LEONARDO DA VINCI

alt

 

Inspirado nos mais famosos museus interativos de ciências do mundo e com mais de 14 anos de funcionamento, o Exploratório representa uma forma inovadora de se obter conhecimento: não se trata apenas de uma exposição de peças ou uma coleção de objetos antigos. O acervo reúne aproximadamente 200 experimentos nas áreas de óptica, mecânica, eletricidade, magnetismo, astronomia, mecânica de rotação e de fluidos, acústica, ondas, física moderna e robótica. O diferencial do Exploratório é o conceito de museu-aula e não apenas o elemento lúdico. Único na região de Lagoa Santa, o Exploratório tornou-se referência para o aprendizado de ciências, já fazendo parte do currículo das mais respeitáveis instituições de ensino.


Os alunos têm a oportunidade de observar, tocar, inferir, enfim, interagir com os diversos equipamentos, incentivando a curiosidade e o gosto pela ciência e demonstrando sua importância e aplicabilidade no nosso dia-a-dia.


Endereço: Rua do Cascalho, 600 - Lapinha (Próximo à Escola Municipal Nilsa Vieira)
Dias de funcionamento: Segunda à sábado mediante agendamento prévio de, no mínimo, 7 dias.
Número de pessoas: mínimo de  25 e máximo de 60 pessoas.
Idade: A partir de 6 anos de idade.
Entrada: R$20,00 por pessoa
Telefones para Informação e agendamento: (31) 9970-1591
O museu possui uma proposta itinerante de apresentar seu acervo em outras cidades.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 Praça Dr. Lund

 alt

Uma das principais referências da cidade, em seu entorno localiza-se a Escola Municipal Dr. Lund (construída no local onde fora a residência de Peter Lund) e a igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde, construída em 1819. A importância do trabalho realizado por Lund fez com que importantes visitantes passassem por ela no século XIX, como o Imperador D. Pedro II, e importantes cientistas como Richard Burton, Saint Hillaire e Eugene Warming.

 

Endereço: Praça Dr. Lund - Centro

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

MORRO DO CRUZEIRO

 alt

 


Um dos pontos mais altos da cidade, é constituído por um espaço de lazer com playground, academia livre e anfiteatro, além de um mirante com uma bela vista, de onde é possível contemplar a lagoa central, as serras que circundam a região e parte de Belo Horizonte. O cruzeiro existente na praça deu nome à região, que é uma das mais antigas da cidade. É também na praça que se localiza a capela de Nossa Senhora da Conceição, construída no final do século XIX, e tombada pelo município desde 2001.
 
Endereço: Praça Dona Efigênia de Freitas – Morro do Cruzeiro.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 IATE CLUBE

 alt

 

 

Também conhecido como “Iate Clube”, o Clube Náutico Joá foi construído nos anos 1950, quando era freqüentado pela alta sociedade belo-horizontina. A arquitetura diferenciada destaca-se pelas formas sinuosas, revestimento em pastilhas italianas e piso interno em mármore de Carrara. Nos anos 70 do século XX, funcionou também como restaurante, onde eram realizadas “horas dançantes”, atraindo um público diversificado. Em 2011, a construção sofreu intervenções, como pintura da parte externa, paisagismo do entorno e projeto de iluminação noturna.  Neste mesmo ano, serviu de sede, em sua parte externa, para a realização do III Festival de Cultura Regional Memória e Identidades, do Aniversário da Cidade e do Reveillon.

 

Endereço: Av. Getulio Vargas esquina com Av. Carlos Orleans Guimarães, s/n - Várzea

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

IGREJA NOSSA SENHORA DA SAÚDE - MATRIZ

 

alt

 

 

A Igreja Matriz de Lagoa Santa foi construída no ano de 1819, sendo considerada ponto central da cidade. A Igreja Matriz é um marco na história de Lagoa Santa, uma vez que representa a preocupação do bandeirantismo mineiro de divulgação da fé católica nas regiões das minas mineiras. Com sua moderníssima estrutura de cimento armado, uma das mais belas obras sacras do país, o Santuário da Padroeira recebe anualmente milhares de fiéis que vem em busca de milagres, para cura de seus males físicos e espirituais. Além disso, a Igreja é símbolo da religiosidade da cidade, já tão caracterizadas pelas bênçãos curativas atribuídas as águas da lagoa central. As festividades religiosas da Padroeira - com novenas, barraquinhas, jogos, parque de diversão, shows e leilões – realizam-se entre os dias 06 a 15 de agosto, anualmente.

Endereço: Praça Doutor Lund, 160 - Centro

 

Dias de funcionamento: Todos os dias

Horário de funcionamento: Segunda : 07:30 às 17:30 horas.

Terça à Sexta: 07:30 até o final da missa das 19:00 horas.

Sábado: 08:00 até o final da missa das 19:00 horas.

Domingo: 06:30 até o final da missa das 10:00 horas, com reabertura às 17:30 para a missa das 19:00 horas.

 

Telefones para Informação: (31) 3681-1510

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

IGREJINHA DO ROSÁRIO

 

Construída no início do século XIX, a Igrejinha do Rosário é uma capela de grande beleza arquitetônica que possui características típicas remanescentes do século XVIII. A capela foi construída na época do Império brasileiro, originalmente por escravos auxiliados pelos senhores de terra da região, que tinham o interesse em separar os espaços de cultos religiosos entre brancos e negros No teto da Igrejinha há o desenho de uma bola escura contendo uma face da meia-lua e de uma estrela de oito pontas. Esses dois símbolos representam tanto a construção da capela no período noturno como a sua utilização neste mesmo período, haja vista que o período diurno destinava-se exclusivamente às tarefas do trabalho forçado, restando-lhes apenas a disponibilidade do período noturno, após o expediente obrigatório da escravidão. Assim, representa um grandioso simbolismo para a percepção da lógica escravista em Minas Gerais. Na década de 70 a Capela Nossa Senhora do Rosário recebeu vários objetos provenientes da Igreja Nossa Senhora da Saúde, como o sacrário, originário da Igreja Matriz.


A Capela também é palco de festas tradicionais da cidade como a Festa do Divino, que ocorre em maio e em junho, e os festejos de Nossa Senhora do Rosário, protetora dos negros e escravos, no mês de outubro. Tombada como patrimônio público através do Decreto n° 234/2001, a Igrejinha representa um dos mais importantes bens históricos da cidade de Lagoa Santa.

 

Endereço: Rua do Rosário esquina com Rua Marechal Deodoro da Fonseca.
Dias de funcionamento: Em processo de restauração

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

IGREJINHA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

 

 

 

Situada em uma ampla praça onde se encontra um cruzeiro com os martírios, a Igrejinha de Nossa Senhora da Conceição representa um importante marco cultural da época. Unindo a proximidade construtiva com os princípios neoclássicos e uma planta tradicional das capelas mineiras primitivas, é composta por nave, capela-mor e sacristia lateral esquerda. A nave tem um pequeno espaço reservado ao coro acessado por uma escada de madeira. A nave e parte da sacristia são revestidas de azulejo hidráulico, e o seu presbitério é em madeira. Possui um adro demarcado por mureta de alvenaria, e um altar simples com pinturas populares de flores e anjos.

 

Endereço: Praça Efigênia de Freitas Guimarães, S/Nº - Morro do Cruzeiro
Dias de funcionamento: Em processo de restauração

 

----------------------------------------------------------------------------------------------