O QUE É
Entender o significado de educação patrimonial requer, primeiramente, compreender o conceito de patrimônio. Podemos definir patrimônio como tudo aquilo a que atribuímos valor, e que, em conseqüência, queremos preservar e deixar como herança para nossos descendentes.  Existem basicamente dois tipos de patrimônio: o patrimônio individual e o coletivo. Aqui, nos interessa o coletivo, e mais especificamente o chamado patrimônio cultural. O patrimônio cultural consiste no conjunto de manifestações que dizem respeito a identidade de um povo ou comunidade, e que, portanto, devem ser preservados e deixados como herança para as futuras gerações.  Nesse sentido, podemos definir educação patrimonial como o conjunto de ações voltadas para a preservação permanente do patrimônio cultural de um povo, envolvendo não apenas os meios formais da educação, mas todos os segmentos que compõem a comunidade. A educação patrimonial é um processo permanente, que parte do pressuposto de que é preciso primeiramente conhecer o patrimônio cultural, que passa a ser apropriado e, consequentemente, valorizado pela comunidade. Ao ser valorizado, o patrimônio cultural passa a ser utilizado como forma de afirmação da cidadania pela comunidade, ciclo que tende a ser novamente repetido quando a educação patrimonial alcança os seus objetivos, visando não apenas a valorização, mas também a preservação.  

PROJETOS
A Prefeitura Municipal de Lagoa Santa, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, tem colocado em prática, neste ano de 2012, o desenvolvimento de um projeto de educação patrimonial que tem como principal objetivo despertar a comunidade escolar para a importância da cidade de Lagoa Santa no contexto da arqueologia pré-histórica, através do projeto “Viagem pela pré-história”.  O projeto pretende estimular a curiosidade acerca da pré-história da região, fomentando a importância da preservação como forma de garantir a manutenção da identidade da cidade.  Até o presente momento, já foram realizadas palestras sobre o patrimônio cultural de Lagoa Santa em várias escolas do município, voltadas para turmas de quarto e quinto ano.  As escolas receberam também a cartilha ilustrada do Projeto “Irmandades do Rosário, entre Bandeiras, Memórias e Tambores”, desenvolvido no ano de 2011 pela Prefeitura Municipal de Lagoa Santa, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura. De maneira lúdica, a cartilha mostra as principais manifestações populares do distrito da Lapinha, assim como as principais descobertas que fazem da região de Lagoa Santa o berço da arqueologia nas Américas, passando também pelas histórias envolvendo os primeiros povoadores recentes da região.  O projeto, que busca oferecer apoio a todas as escolas do município, terá sua culminância no mês de setembro, através da participação do município na “4ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural”, que tem como objetivo sensibilizar a comunidade para o reconhecimento e valorização de seu patrimônio cultural. Assim, os trabalhos desenvolvidos pelas escolas durante o primeiro semestre serão expostos em local a ser definido, nos moldes do que já foi feito em 2011, com o tema “Quando a minha história conta a história de todos”.