Após 21 anos reivindicando a implantação de uma linha de ônibus direta para Belo Horizonte, os moradores do bairro Várzea e região estão prestes a serem beneficiados com a criação desta nova linha. A questão entrou em pauta na Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop) após a reunião com o prefeito, Dr. Fernando, sobre as mudanças do sistema Move de Lagoa Santa e melhorias para o transporte público da cidade.

 

O extrato do processo de criação do atendimento complementar foi publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, no dia 30 de junho e, além da criação da nova linha, prevê a mudança do ponto inicial de embarque da linha 5889 do bairro da Vila Maria para o Bairro Palmital.

 

Entre as melhorias no transporte coletivo solicitadas pelo prefeito à Setop, a criação da Linha Várzea/BH, que terá seu ponto inicial no bairro Francisco Pereira vai atender milhares de moradores da região que trabalham em BH. De acordo com a Translago cerca de 10 mil passageiros são transportados diariamente para Belo Horizonte e grande parte desses usuários do transporte coletivo moram nesta região da cidade.

 

Para o diretor da Translago, Roberto Félix, a criação da nova linha trará um grande beneficio para os moradores da região leste da cidade, porém ainda deve prevalecer a cautela. “Já foi um grande passo conseguir a publicação do extrato do processo de criação da linha direta Várzea/BH, mas a publicação ainda pode ser contestada até o dia 10 de julho, por isso, temos que ter cautela. No entanto, acreditamos que os benefícios que a nova linha trará para a população vão prevalecer”, disse.

 

A definição final sobre a criação da nova linha será na sexta-feira, dia 10 de julho, prazo de encerramento do período de contestação ao processo que também prevê a mudança do ponto inicial da linha 5889 para o bairro Palmital.