O Centro de Arqueologia Annette Laming Emperaire (CAALE), indicado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Reserva Técnica tornou-se uma das principais referências na conservação de acervos e fragmentos arqueológicos do Estado de Minas Gerais.

Localizado no Centro de Lagoa Santa, o CAALE foi primeiro núcleo de arqueologia fundado em nível municipal no país. Criado no início da década de 80, o centro de arqueologia desenvolve e coordena a política de proteção do patrimônio arqueológico e é responsável por difundir e divulgar a pré-história regional.

 

No início de 2015 foram iniciadas as obras para ampliação e adequação do espaço destinado ao armazenamento, preservação e manutenção dos artefatos arqueológicos. Após as intervenções, o espaço que antes era de apenas 23m² foi ampliado para 53m² de área e passou a contar com controle ambiental climatizado, alarme, estrutura de armazenamento em Box, entre outros recursos necessários para a preservação dos acervos. 

 

O Centro oferece apoio institucional e Reserva Técnica a projetos de pesquisa arqueológica e desenvolve pesquisas de campo para vistorias e levantamentos onde há ocorrência de vestígios arqueológicos. O CAALE também conta com exposição permanente sobre arqueologia em sua sede na Rua Acadêmico Nilo Figueiredo, 62, Centro. A exposição é aberta à visitação e gratuita. O telefone para contato é o (31) 3681- 8755 e, o horário de funcionamento é das 12h às 17h30, de segunda à sexta-feira.