A Prefeitura de Lagoa Santa convida para as comemorações do 221º Aniversário de Peter W. Lund que acontecem no período de 11 a 15 de junho de 2022.

A semana será marcada por uma série de eventos como uma Homenagem no Túmulo de Lund,  Entrega da Medalha Peter W. Lund,  5º Simpósio de Arqueologia de Lagoa Santa e ainda um Painel sobre a Regionalização no Circuito turístico das Grutas.

 Participe! Fique atento à programação em nossas redes sociais!

 

 

 PROGRAMAÇÃO SEMANA LUND

 

Dia da Semana

Data

Horário

Atividade

Palestrante

Tema

Segunda-Feira

13/06

13h30

Cerimônia de abertura

Prefeito Rogerio Avelar

Abertura do evento

14h

Palestra

Lilian Panachuk

A complexidade da cerâmica Aratu-Sapucaí: sua cadeia operatória e os Gestos

15h

Palestra

Andrei Isnardis

A importância de Lagoa Santa nas discussões sobre o povoamento do Brasil e da América

16h

Cerimônia de entrega do Prêmio CAALE

19h Cerimônia de entrega da Medalha Lund

Terça-feira

14/06

10h às 11h30

 Homenagem no memorial Túmulo Dr. Lund

 

 

14h Palestra Luis Symanski Fazenda Santa Clara: estudo de caso sobre a cultura material dos povos escravizados

15h

Palestra

Adriano Carvalho

Arqueologia Campesina no Alto São Francisco

16h

Palestra

André Strauss

A Lapa do Santo e os Povos de Luzia: uma Síntese de 20 anos de pesquisa

Quarta feira

15/06

14h

Palestra

Marcos Coutinho

As lagoas do Carste: Histórico e Evolução da ocupação no entorno 

15h

Palestra

Carlos Rangel

Educação Patrimonial - Conceitos e Diretrizes

17h às 19h  Painel IGR Circuito das Grutas    

16h30

Encerramento

   

 

 

Local:  

Auditório da Escola Municipal Dr. Peter Wilhelm Lund, Lagoa Santa/MG.

 

Público-alvo:

Pesquisadores, Professores da rede municipal de ensino fundamental dos municípios de Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Matozinhos, Confins, Funilândia. Integrantes do Circuito das Grutas e demais cidadãos. Estudantes do ensino médio, estudantes universitários e publico em geral.

 

Objetivo Geral:

Promover a valorização do Patrimônio Cultural da região da APA Carste de Lagoa Santa, não só junto ao público acadêmico e escolar, mas também a outros segmentos de público, fomentando a construção de novos processos de memórias constitutivas da diversidade social, étnica e cultural da região de Lagoa Santa.

 

Objetivo Específico:

Promover a valorização do patrimônio arqueológico, paleontológico, espeleológico, histórico, natural e cultural da região, considerado aqui, como dispositivo de inclusão social e cidadania, com vistas a possíveis mudanças comportamentais e conscientização da comunidade e de órgãos responsáveis pelas questões turísticas, patrimoniais, culturais e ambientais.

 

Metodologia:

A 5º edição do Simpósio de Arqueologia de Lagoa Santa/MG será realizada de forma presencial observados os protocolos emanados pela Secretaria Municipal de Saúde. Desta maneira, busca-se garantir a continuidade desse evento e a segurança dos participantes.

 

 

V Simpósio Arqueologia no Carste de Lagoa Santa MG

Arqueologia em Minas Gerais

 

 

___________________________________________________________________________

 

I) “A complexidade da cerâmica Aratu- Sapucaí: sua cadeia operatória e os Gestos”

Lílian Panachuk

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais, onde iniciou seus estudos em arqueologia no Museu de História Natural e Jardim Botânico. No mestrado, pela Universidade de São Paulo, dedicou-se à Musealização da Arqueologia, sob orientação de Maria Cristina Bruno. Tem longa experiência em projetos de arqueologia preventiva, com atuação em diferentes regiões brasileiras. Recentemente finalizou o doutorado no Programa de Pós-graduação da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Federal de Minas Gerais. Nessa mesma instituição, entre 2019 e 2020, atuou como professora substituta no Departamento de Antropologia e Arqueologia. Tem experiência na área de Arqueologia, com ênfase em Arqueologia Pré-Histórica, atuando principalmente nos seguintes temas: arqueologia pré-histórica, cerâmica arqueológica, análise tecnológica e gestual.

 

___________________________________________________________________________

 

II) “A importância de Lagoa Santa nas discussões sobre o povoamento do Brasil e da América” 

Andrei Isnardis

Possui doutorado (2009) e mestrado (2004) em Arqueologia pela Universidade de São Paulo (USP) e graduação em Ciências Sociais, com ênfase em Antropologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995), . É professor adjunto do Departamento de Antropologia e Arqueologia da Universidade Federal de Minas Gerais e pesquisador do Setor de Arqueologia do MHNJB da UFMG . Atua na área de Arqueologia, sobretudo pré-histórica, com ênfase nos seguintes temas: arte rupestre e tecnologia lítica.

 

___________________________________________________________________________

 

III) “A Lapa do Santo e os Povos de Luzia: uma Síntese de 20 anos de pesquisa.

André Strauss

Arqueólogo professor do Museu de Arqueologia e Etnologia e coordenador do primeiro Max Planck Partner Group da USP (LAAAE - sites.usp.br/laaae). É vice-presidente da Comissão de Pesquisa e professor credenciado do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia do MAE-USP. Graduado em Ciências Sociais pela PUC (2006) focou nas tensões epistemológicas entre ciências humanas e biológicas. É geólogo pelo IGc-USP (2008) com ênfase em geoarqueologia e em estudos de processos de formação. É mestre pelo Dpt de Genética e Biologia Evolutiva do IB-USP (2010). Em sua dissertação apresentou uma revisão teórica sobre hipóteses geradas pela Arqueologia da Morte e caracterizou as práticas funerárias de Lagoa Santa. No mesmo período, estudou a relação entre marcadores genéticos e morfológicos como ferramentas de inferência de história populacional. Doutorou-se (2016) em Ciências Arqueológicas na Eberhard Karls Universität Tübingen, com foco na análise do registro arqueológico da Lapa do Santo e nas relações de ancestralidade do Brasil pré-colonial. Entre 2010 e 2016 foi doutorando (ABD) em evolução humana do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, em Leipzig, com estágio sanduíche no Konrad Lorenz Institute for Evolution and Cognition Research, na Áustria (2015). Especializou-se na emergência do gênero Homo e em métodos quantitativos, tendo desenvolvido novos algoritmos de deslizamento de landmarks para morfometria geométrica de alta resolução. Pós-doutorado (2017) no Centro de Estudos Avançados 'Tracking linguistic, cultural, and biological trajectories of the human past' do Deutsche Forschungsgemeinschaft (DFG), na Alemanha. Em Tübingen, foi professor visitante do programa Excelence Initiative do Institut für Naturwissenschaflitche Archäologie (2015-2017). Participou de escavações arqueológicas no Brasil (e.g. Lagoa Santa e Buritizeiros) e no exterior (e.g. Jordânia e Quênia). Desde 2011 coordena o projeto 'Morte e Vida na Lapa do Santo: uma biografia arqueológica dos povos de Luzia' (sites.usp.br/lapadosanto/), sendo responsável pela escavação do sítio. É coordenador do projeto JP-FAPESP 'Histórias indígenas de longa duração', pioneiro na extração de DNA antigo no Brasil, e líder do primeiro Max Planck Partner Group da USP. Foi consultor forense da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República junto ao Grupo de Trabalho Perus (2015-2016).

 

___________________________________________________________________________

 

IV) "Fazenda Santa Clara: estudo de caso sobre a cultura material dos povos escravizados"

Luis Claudio Symanski

Possui graduação em Arqueologia pela Universidade Estácio de Sá (1993), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1997), PhD em antropologia/arqueologia pela University of Florida (2006). Tem experiência na área de Arqueologia, com ênfase em Arqueologia Histórica, atuando nos seguintes temas: arqueologia histórica, arqueologia da diáspora africana, teoria da prática, teorias de contato cultural, grupos domésticos. Foi professor adjunto do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Paraná entre 2008 e 2012. Professor convidado da Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (Lemann Distinguished Visiting Professor - Lemann Center for Brazilian Studies) entre agosto de 2019 e maio de 2020. É Professor associado do Departamento de Antropologia e Arqueologia e do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Minas Gerais. Exerceu a função de Primeiro Secretário da Sociedade de Arqueologia Brasileira no biênio 2009-2011 e de Segundo Secretário no biênio 2011-2013. Co-editor da coleção Contributions to Global Historical Archaeology da Springer Nature. Foi editor da Vestígios - Revista Latino-Americana de Arqueologia Histórica, entre os anos de 2013 e 2017. Editor da Revista de Arqueologia da Sociedade de Arqueologia Brasileira, biênio 2020-2021. Bolsista de produtividade do CNPq, nível 2.

 

___________________________________________________________________________

 

V) “Arqueologia Campesina no Alto São Francisco”

Adriano Carvalho

Adriano Carvalho é formado em Artes pela Escola de Belas Artes da UFMG. Atuou como espeleólogo por 8 anos e atua como arqueólogo há 19 anos. Iniciou sua carreira na arqueologia pelo Setor de Arqueologia da UFMG sendo hoje sócio diretor da Peruaçu Arqueologia Ltda e Responsável Técnico pelo Museu de Arqueologia do Carste do Alto São Francisco - MAC. Trabalha nesta região há mais de 10 anos.

 

___________________________________________________________________________

 

VI) As lagoas do Carste: Histórico e Evolução da ocupação no entorno 

Marcos Eduardo Coutinho

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1984), mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1989) e Ph.D em Zoology and Entomology pela Universidade de Queensland, Autrália (2000). Atualmente exerce os cargos de Direção e Assessoramento Superior ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e de Pesquisador III da empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Tem experiência na área da Ecologia, com ênfase em Manejo e Conservação de Ecossistemas e cadeias produtivas da sociobiodiversidade, atuando em projetos de pesquisas e desenvolvimento aplicados á recuperação de espécimes ameaçadas e uso sustentado de espécies de valor econômico.

___________________________________________________________________________

 

VII) “Educação Patrimonial - Conceitos e Diretrizes

Carlos Rangel

Carlos Rangel possúi licenciatura em História pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Belo Horizonte (1983). Contratado como Historiador em 1984 no Setor de Pesquisa do IEPHA/MG, assumiu diferentes cargos ao longo dos anos, sendo:  Chefe do Setor de Pesquisa no período de 1989 a 1992, Chefe do Setor de Proteção de junho de 1993 a dezembro de 1993, Superintendente de Proteção a partir de janeiro de 1994 a 1999, Superintendente de Desenvolvimento e Promoção de 2004 a 2007 e Diretor de Promoção de 2007 a 2010. Sob seu comando foi organizado o ICMS Patrimônio Cultural em 1995 do qual se responsabilizou até o ano de 1999. Em 2004 retomou o comando deste importante Programa Estadual comandando-o oficialmente até 31 de dezembro de 2010.Foi conselheiro do CONEP - Conselho Estadual do Patrimônio Cultural - por dois mandatos - de 2007 a 2011. 

 

 

Proponentes:

Centro de  Arqueologia Annette Laming  Amperaire/CAALE

Diretoria Muncipal de Turismo e Cultura/DMTC

Secretaria Municipal de Bem-Estar Social

Prefeitura Municipal de Lagoa Santa/MG

 

Organização:

CAALE/DMTC/SBES/PMLS-MG/

Marcio Walter Moura Castro/Tania Porto Guimarães Veloso/Juliana Cardoso (Organizadores Voluntários)

 

Responsáveis:

Rosangela Albano

Cleito Pinto Ribeiro

Igor Prado Menezes

 

Aproveite a Semana Lund para conhecer alguns projetos da Lei Aldir Blanc, vencedores na categoria Literatura e Outras Artes, que buscam retratar o Patrimônio Histórico e Cultural de Lagoa Santa. Os trabalhos foram realizados por artistas e escritores do município. 

 

A HISTÓRIA DE PETER LUND - FERNANDA PRATES

A História De Peter Lund - Fernanda Prates


CADA PEDAÇO DESSA CIDADE CARREGA UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA

Cada Pedaço Dessa Cidade Carrega Um Pouco Da Minha História


GUIA ILUSTRADO DA MEGAFAUNA DE LAGOA SANTA - EVANDRO YURI

Guia Ilustrado Da Megafauna De Lagoa Santa - Evandro Yuri


HISTÓRIA É SUBSTANTIVO FEMININO - FERNANDA PRATES

HISTÓRIA É SUBSTANTIVO FEMININO - FERNANDA PRATES


LAGOAS - LUIZA LAMBERT

Lagoas - Luiza Lambert


LUND E A BANDA SANTA CECÍLIA - EVANDRO ALVES

Lund E A Banda Santa Cecília - Evandro Alves


PETER LUND NAS GRUTAS DE MINAS - UMA MINIBIOGRAFIA EM QUADRINHOS. PIERO BAGNARIOL E GABRIEL LUCAS E YURI ALVES

Peter Lund nas grutas de Minas


OS POVOS DE LUZIA -PIERO BAGNARIOL

OS POVOS DE LUZIA -PIERO BAGNARIOL


MANIFESTO DA LAGOA LIMPA - FERNANDA PRATES

Manifesto Da Lagoa Limpa - Fernanda Prates


O CABOCLO D'ÁGUA - GABRIEL LUCAS

O Caboclo D'água - Gabriel Lucas


O POÇO SANTO - FERNANDA PRATES

O Poço Santo - Fernanda Prates

 

 

 

 

 

BannerSite VSimposio 2022